Aleitamento.com
AmamentaçãoMãe CangurúCriançasCuidado PaternoHumanização do PartoBancos de Leite Humano Espiritualidade & Saúde DireitosProteçãoPromoçãoILCA / IBCLCConteúdo ExclusivoTV AleitamentoGaleria AMNotíciasEventosSites e BlogsLivrariaCampanhas
 
Faça seu login e utilize ferramentas exclusivas. Se esqueceu a senha, acesse o "cadastre-se" e preencha com seu e-mail.

COMO AMAMENTAR MEU BEBÊ PREMATURO ?

Por: Ministério da Saúde

 
   

 


 
O CUIDADO
MÃE-CANGURU possibilita que o PREMATURO
usufrua do LEITE MATERNO e da AMAMENTAÇÃO
 
 

A) O leite materno é importante para o bebê prematuro?

O leite materno é o alimento completo e tem defesas adequadas ao bebê prematuro, protegendo-o contra infecções, desnutrição, alergias e outras doenças(5,6).

            Além disso, o ato de amamentar propicia contato direto entre a mãe e o bebê, sendo mais uma oportunidade para favorecer o estabelecimento de vínculos afetivos, indispensáveis ao desenvolvimento físico, emocional e social ao longo de toda infância(7). 

B) Por que o bebê prematuro tem dificuldade de mamar (sugar) no peito, sendo, inicialmente, necessário ser alimentado somente pela sonda?

     Como devo ajudá-lo a sugar?

O bebê mais imaturo (com menos de 34 semanas de gestação), não consegue coordenar a sucção-deglutição-respiração, portanto, apresenta risco de aspiração (sufocar-se). Além disso, sugar pode levar a um gasto excessivo de energia, fazendo com que perca peso. Por isso, ele precisa alimentar-se através de sonda gástrica.

À medida que o bebê fica mais maduro, ganha peso e está em boas condições, ele pode ser alimentado exclusivamente pela boca, sem uso da sonda(8).

            O prematuro é um bebê mais sonolento, que precisa ser acordado e estimulado nos horários das mamadas.

            Para ajudá-lo a sugar a mãe também pode estimular o reflexo de procura, roçando seu seio ao lado da boca do bebê (o lado que estiver próximo) para ajudá-lo a procurar o mamilo e abrir a boca. Quanto mais acordado o bebê estiver, melhor! Para o bebê sugar, ele precisa abocanhar grande parte da rodela (parte escura ou aréola) abrir e fechar a boca e movimentar a língua para frente e para trás. A mãe pode senti-lo fazendo isso e ouvi-lo quando engole o leite. No início, ele poderá apenas lamber o peito, mas, com esta experiência, ele vai aprendendo a sugar. Outra forma de ajudar, é mantê-lo sempre aninhado no colo ou no berço. As pernas têm que ficar encolhidas, os braços voltados para o centro do corpo e a cabeça levemente inclinada em direção ao peito, do bebê. Na hora da mamada, a mãe pode segurar a mão do filho ou colocá-la perto de seu peito ou da sua boca. Eles adoram isso.

C) Se eu desejo amamentar o meu filho, posso oferecer o meu leite na mamadeira enquanto ele não está sugando direto no peito?

Inicialmente, se houver muita dificuldade dele sugar, a mãe deve ordenhar o seu leite e oferecer a ele em um copinho. O bebê tomará facilmente, sendo possível logo sugar o peito (a mãe sempre deve oferecer o peito antes do copinho para ver se ele consegue sugar). Não é recomendado oferecer o leite em mamadeira, pois o bebê se acostuma ao bico que lhe é oferecido por maior número de vezes. Ele se habitua com a forma, consistência, textura e elasticidade do bico de borracha e também com a maneira de como mamar nele. Para evitar confusão de bicos, oferecer apenas o seio, pois facilitará a amamentação materna. Quando o bebê mama no peito, realiza uma ordenha (que é bom, pois trabalha toda a musculatura facial). Na mamadeira, ao contrário, ele chupa o leite como chupamos um canudinho, não usando adequadamente os músculos faciais, podendo apresentar mais tarde, problemas dentários e de fala(9).

D) Por que o bebê prematuro toma leite no copinho? Quais cuidados devo ter neste procedimento?

Até que o bebê possa mamar só no peito, é aconselhável alimentá-lo através do uso do copinho, pois evita que o bebê se acostume com o bico da mamadeira(10). De preferência, alimentar o bebê com o leite da própria mãe. Não se pode esquecer que o momento da alimentação deve ser prazeroso, tanto para o bebê como para quem está com ele. Na alimentação pelo copinho, o bebê está privado do contato pele-a-pele com sua mãe, proporcionado pela amamentação, portanto, a mãe deve lançar mão de outras formas de interação como olho-no-olho, falar com o bebê e deixá-lo no colo enquanto o alimenta, e não no berço.

Cuidados na utilização do copinho:

1 - lavar as mãos antes de oferecer leite no copinho para o bebê;

2 - observar a temperatura do leite (se não for o leite da mãe retirado no mesmo momento);

3 - colocar o bebê em posição semi-sentada;

4 - apoiar a borda do copo no lábio superior do bebê para evitar que empurre o copo para fora com a língua;
5 - esperar que o bebê sorva o leite, e não forçar obrigando-o a engolir(10).

 

E) Com que freqüência devo alimentar o bebê prematuro e qual a quantidade adequada?

A criança prematura tem necessidade calórica aumentada quando comparada à de outra criança, porque apresenta grande crescimento e desenvolvimento nos primeiros meses de vida(11). A duração da mamada depende de cada bebê. Alguns mamam cerca de 20 minutos em cada peito, outros 10 minutos. Quando o bebê está saciado, ele mesmo solta o peito. A freqüência vai depender de quantas vezes ele solicita o peito, tanto de dia como de noite (livre demanda), variando de 8 a 12 vezes ao dia. Quando o bebê dorme muito (por períodos maiores de quatro horas), é conveniente que o acorde para mamar. À medida que crescem, os bebês vão se acomodando a um ritmo próprio de freqüência e duração da mamada(9).

            Os sinais que indicam que o bebê está satisfeito e sendo alimentado adequadamente são(9): 

            1 - durante a amamentação, a cada uma ou duas sugadas, a criança engole o leite (ruído da deglutição pode ser ouvido);

            2 - chega a adormecer ou lagar o peito espontaneamente após a mamada;

            3 - sua urina é amarela bem clara e eliminada várias vezes ao dia (mais de seis vezes ao dia);

             4 - ganha peso dentro do esperado.

O bebê prematuro é mais lento para mamar, se cansa rapidamente e, às vezes, é necessário interromper a alimentação para que ele descanse. Às vezes, o  bebê está tão ocupado com a tarefa de sugar que se esquece de respirar. Observar se ele fica um pouco pálido ou com cianose (roxinho).
            O que fazer: PARE A ALIMENTAÇÃO PARA ELE DESCANSAR e verifique se ele não engasgou. A mãe deve promover pausas durante a alimentação do bebê prematuro, para que ele possa descansar e arrotar. Se o bebê parar de respirar, basta massagear as costas para que ele se lembre de respirar(4).

 

F) O que fazer para manter meu leite enquanto o bebê não está mamando no peito?

É necessário o esvaziamento (ordenha mamária) periódico do peito a fim de ser mantida a produção de leite materno. A ordenha deve ser feita a cada 2 ou 3 horas e, no mínimo 6 vezes ao dia. As mãos precisam ser lavadas para fazer a ordenha e os primeiros jatos de leite devem ser desprezados. O leite ordenhado pode ser guardado em um frasco fervido, com tampa (de maionese, café solúvel, etc).

Ferva o vidro e a tampa sem o papel branco ou rótulo do produto, por cerca de 15 minutos.

Para levar esse leite ao bebê prematuro no hospital ou doá-lo ao Banco de Leite Humano, não se esqueça de transportar o leite em uma caixinha de isopor ou térmica, de maneira que chegue ainda congelado.

            Se o bebê esta sugando pouco ou se a mãe não está fazendo a ordenha mamária, ela pode apresentar hipogalactia (baixa produção de leite), sendo preciso lançar mão da RELACTAÇÃO. Esta técnica ajuda a aumentar a produção láctea, pois mantém o estímulo da  sucção do bebê direto no peito.
            Para a relactação basta levar o bebê ao seio, colocando a ponta de uma sonda em contato com o mamilo, de maneira que a criança possa abocanhá-la junto com o bico e parte da rodela (parte escura ou aréola). Assim irá sugar tanto a sonda quanto o mamilo. A outra ponta da sonda deve ser encaixada a uma seringa ou estar imersa em um recipiente com leite da mãe ordenhado. Desta forma, o bebê terá a fome saciada, enquanto roça e suga o mamilo e a aréola, estimulando, também, que a mama produza leite(12).

 

G) Como faço para tirar o leite do peito? 

Há várias técnicas para retirada do leite de peito. A mais apropriada é a técnica de extração manual, que também pode ser útil em situações de emergência ou quando não se dispõe de bomba tira-leite adequada(10).

Preparação: é conveniente procurar um lugar tranqüilo, limpo e cômodo. Antes de começar, lavar as mãos e preparar um recipiente de vidro ou plástico com tampa, fervidos.

            1 - Faça massagens suaves no peito para estimular a decida do leite. Primeiro fazendo círculos e logo após de cima para baixo.

            2 - Massagear suavemente com os dedos e palpar ao redor da aréola para sentir os ductos cheios de leite.

            3 - Respirar bem profundamente e soltar o ar imaginando que o leite está saindo também pode ajudar bastante.

Pensar afetuosamente no seu bebê quando se preparar para a retirada de leite, ajudará a sentir-se bem e a iniciar o reflexo de "liberação do leite".

 Retirada manual ou ordenha: 

É o procedimento mais natural, higiênico e mais parecido com a ação do bebê ao mamar. É fácil e acessível a todas as mulheres.

            1 - Coloque o polegar acima da linha onde acaba a rodela (parte escura do peito) e os dois primeiros dedos abaixo. Firme os dedos e empurre para trás em direção ao corpo. Tente aproximar a ponta do polegar aos outros dedos, até sair o leite.

            2 - Despreze os primeiros jatos e, em seguida, abra o vidro e coloque a tampa sobre a mesa, com a abertura para cima, coberta com um pano limpo.
            3 - Colete o leite no frasco, colocando-o debaixo da aréola. Após terminar a ordenha, feche bem o vidro e guarde(13).

 

H) Onde devo guardar, e quanto tempo dura o leite que a mãe tirou do peito?

O leite retirado pode ser conservado em geladeira, no congelador, ou no freezer. Guardar o leite em vidros com tampas, fervidos (de maionese, café solúvel, etc). Quando o leite estiver armazenado, poderá separar-se em duas partes: uma líquida e outra mais grossa. Ao agitá-las suavemente, ambas partes voltam a mesclar-se. Ordenhe um pouco de leite e congele-o. Na próxima ordenha pode-se colocar o leite em cima daquele já congelado. Esse procedimento deve ser repetido até faltar aproximadamente dois dedos para encher o frasco. 

Para descongelar, primeiro deve-se colocar o frasco com leite em geladeira e logo esquentá-lo em temperatura ambiente. O leite materno tem a mesma temperatura que o corpo. Para aquecer o leite coletado, não se deve colocá-lo diretamente ao fogo, nem usar água fervendo. Colocar o frasco que contém o leite, dentro de um outro contendo água morna (banho Maria)(10).

O leite em recipiente fervido e tampado tem uma validade de(13):

    24 horas na geladeira (não na porta, mas no fundo da bandeja);
    15 dias no congelador da geladeira ou no freezer.

            Todo leite coletado e doado ao Banco de Leite Humano é pasteurizado e, posteriormente, é feito um controle de qualidade. Esse leite destina-se às crianças prematuras e/ou doentes internadas nos hospitais(13).

 

I) Que posição o bebê prematuro deve ficar no beco após a mamada? Porquê?

Estimular a criança a arrotar após a mamada é muito importante. O ar que a criança engole ao mamar pode dar a falsa impressão de que esteja satisfeito(9).

            Alguns bebês não arrotam logo após as mamadas. Arrotando ou não, quando o bebê for colocado no berço, deve-se deitá-lo do seu lado direito ou de barriga para baixo, pois evita a  regurgitação.
            Assim se ele vier a arrotar, eliminará a bolha de ar e o excesso de leite, o que diminui o risco de aspiração, isto é, de o leite tomar caminho errado e ir para os pulmões.


Última atualização: 5/7/2011

 

Curtir

Comentários


Essa é uma área colaborativa, por isso, não nos responsabilizamos pelo conteúdo. Leia nossa Política de Moderação.
Caso ocorra alguma irregularidade, mande-nos uma mensagem.

 

Depoimentos

Gostou do site? Ele te auxiliou em algum momento? Deixe seu depoimento, assine nosso livro de visitas! Clique aqui.

Quem Somos | Serviços | Como Apoiar | Parceiros | Cadastre-se | Política de Privacidade/Cookie/Moderação | Fale Conosco
O nosso portal possui anúncios de terceiros. Não controlamos o conteúdo de tais anúncios e o nosso conteúdo editorial é livre de qualquer influência comercial.
Este site utiliza cookies para lhe proporcionar uma melhor experiência. Ao navegar no mesmo, está a consentir a sua utilização. Caso pretenda saber mais, consulte a nossa Política de Privacidade/Cookie.
24 Ano no ar ! On-line desde de 31 de julho de 1996 - Desenvolvido por FW2 Agência Digital