msg aviso
Aleitamento.com
AmamentaçãoMãe CangurúCuidado PaternoHumanização do PartoBancos de Leite Humano Espiritualidade & Saúde DireitosProteçãoPromoçãoILCA / IBCLCConteúdo ExclusivoTV AleitamentoGaleria AMNotíciasEventosSites e BlogsLivrariaCampanhas
 
Faça seu login e utilize ferramentas exclusivas. Se esqueceu a senha, acesse o "cadastre-se" e preencha com seu e-mail.

\ Amamentação \ Cultura \ Artigo

AMAMENTAR SÓ NO BANHEIRO ? !

Por: Amy Harmon - The New York Times

“Lactivistas” levam sua causa e seus filhos às ruas

   

 


Os pedidos para uma “nurse-in”, uma emenda para a amamentação, começaram na internet pouco depois de Barbara Walters fazer uma observação negativa sobre a amamentação em locais públicos em seu programa da ABC, o “The Show”.
 
 

Os protestos levaram cerca de 200 mulheres ao centro de operação da ABC na segunda-feira. Elas ficaram amamentando seus bebês num local de encontro público na Avenida Columbus e na Waes 67th Street.

 

“Os bebês nasceram para serem amamentados”, diziam seus cartazes. Walters, que há algumas semanas no programa disse que o aspecto de uma mulher sentada ao seu lado no avião amamentando fez com que se sentisse desconfortável, afirmou através de um porta-voz que “foi uma circunstância particular e que estamos surpresos que isto tenha levantado um protesto”.

 

Mas o comício na ABC é apenas o exemplo mais visível de uma onda recente de “lactivismo”. Aguçado por mães cansadas de sofrerem pedidos para não amamentarem em espaços públicos, seis estados recentemente aprovaram leis que dão às mães o direito de amamentar em qualquer lugar.

 

No mês passado, a republicana Carolyn B. Maloney organizou no parlamento um “nurse-in” enquanto reintroduzia na legislação federal a emenda do Ato pelos Direitos Civis para proteger mulheres da discriminação no trabalho por usar uma bomba ou por amamentar seus filhos durante as pausas.

 

As mães estão pressionando o comércio também. Tanto o Burger King quanto a Starbucks já declararam que elas são bem-vindas.

 

“Somos todas instruídas que amamentar é a melhor e mais saudável coisa que você pode fazer para o seu filho”,

disse Lorig Charkoudian, 32, que abriu o site www.nurseatstarbucks.com depois de pedirem a ela que usasse o banheiro para cuidar de seu filho no Starbucks. “E depois temos de nos sentir envergonhadas para fazê-lo sem estarmos trancadas em nossas casas”.

 

Mas Walters não é a única que prefere não se confrontar com a amamentação. Em entrevistas e discussões na internet, centenas de mulheres contam que sofreram pedidos para que parassem de amamentar em locais públicos, inclusive no Museu da Criança em Huntsville, Alabama; num corredor do hotel Radisson na Virgínia; um ônibus público em Los Angeles; e num encontro da Comissão Urbana em Miami Beach.

 

“Não é nada contra a amamentação; é sobre se expor a pessoas que não querem ver isto”, disse Scoutt Stroup, proprietário de um restaurante em Round Rock, Texas.
 


Publicado em: 12/5/2011

 

Curtir

Comentários


Essa é uma área colaborativa, por isso, não nos responsabilizamos pelo conteúdo.
Caso ocorra alguma irregularidade, mande-nos uma mensagem.

 

Depoimentos

Gostou do site? Ele te auxiliou em algum momento? Deixe seu depoimento, assine nosso livro de visitas! Clique aqui.

Quem Somos | Serviços | Como Apoiar | Parceiros | Cadastre-se | Política de Privacidade | Fale Conosco
18 Ano no ar ! On-line desde de 31 de julho de 1996 - Desenvolvido por FW2 Agência Digital